Tendências

3 Tendências sobre o futuro do trabalho

Equipe Télos

30/07/2020, 21:07
3 Tendências sobre o futuro do trabalho

A tecnologia vem alterando profundamente os mais diversos tipos de relação. As interações pessoais, profissionais e até mesmo educacionais já não são as mesmas que eram há vinte ou até mesmo dez anos atrás. A automação de processos, somada a outros fatores, já está alterando várias dinâmicas da sociedade, e vai alterar ainda mais no futuro.

As relações trabalhistas não serão diferentes. Muitos se perguntam como será o futuro do mercado de trabalho e quão diferente ele será da nossa atual situação. Pensando nisso, nós da Telos bolamos esse artigo para você. Nele, nós apresentaremos três tendências sobre o futuro do trabalho para que você fique pode dentro. Confira a seguir:

1. Aumento do contrato freelancer e do trabalho remoto

futuro do trabalho provavelmente não envolverá ter que ir até o seu local de trabalho diariamente. O aprimoramento da tecnologia permite que as comunicações por telefone e internet fiquem mais fáceis. Com isso, a presença do profissional no escritório será cada vez menos exigida, até porque os gastos da empresa com isso são menores.

Esse modo de trabalho também é vantajoso para o trabalhador, que ganha tempo e dinheiro ao evitar o deslocamento. Da mesma forma, a flexibilização associada a trabalhadores freelancer será altamente valorizada pelas empresas no futuro. Isso porque esses profissionais são infinitamente mais baratos para a empresa.

A flexibilidade de horários também é uma necessidade ao se contratar millenials e integrantes da geração Z. Essas novas gerações já não aceitam passaram de oito a nove horas dentro do escritório, pois focam mais em experiências de vida do que no acúmulo de riquezas através do trabalho.

2. Organização horizontal

A hierarquia verticalizada que rege as empresas atuais provavelmente não fará parte do futuro do trabalho . A ideia de responder a um chefe e do microgerenciamento, onde todas as operações precisam ser aprovadas por um número pequeno de pessoas, não funciona em um mercado que exige agilidade.

Portanto, a tendência para o futuro é a holocracia, onde cada profissional faz a sua autogestão. Assim, o trabalhador tem certo grau de autonomia, e deve cumprir missões pré-estabelecidas em reuniões táticas. Essas missões, sim, serão definidas por uma liderança, mas as ações necessárias para alcançá-la serão de responsabilidade de cada trabalhador. Por consequência, as empresas serão muito mais exigentes na hora de contratar um colaborador.

3. Demanda por profissionais qualificados

A automatização dos processos e aumento da inteligência artificial irá acabar com muitos empregos, especialmente aqueles com processos muito mecanizados. Em contrapartida, novos empregos e funções surgirão, e habilidades diferentes serão valorizadas pelas companhias na hora de contratar um funcionário.

Por isso, será importante estudar de forma constante, para manter-se a par do mercado de trabalho e das atualizações cada vez mais constantes. Além disso, será essencial possuir habilidades criativas e de relacionamento interpessoal. Em suma, habilidades e diferenciais que não poderão ser substituídos pela tecnologia.

E você? Como pretende se adaptar para o futuro do mercado de trabalho ? É importante realizar cursos de capacitação e tecnologias avançadas para ficar por dentro dessas tendências. Clique aqui e conheça melhor o funcionamento da etapa de investimentos!

Conecte-se com a Télos

Vem de DM
Chama no zap!
Manda um tweet
Somos profissionais também!
Quer oficializar a relação?

Clique nos ícones

2020, Télos. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Daniel Aroucha, projeto gráfico por Gabriel Aroucha.